A abordagem inteligente de uma fundadora às mudanças climáticas

O que é medido, é mudado. Com esse pensamento, Michelle Li fundou a Clever Carbon para ajudar todos a quantificarem seu impacto de carbono.

Fundadora da Clever Carbon, Michelle Li. Imagens de Katelyn Perry

A forma como trabalhamos mudou profundamente. As pessoas não buscam mais apenas o equilíbrio entre vida e trabalho. Elas querem o poder de escolher quando, onde e como trabalhar. Querem ter a liberdade de criar o próprio horário, realizar tarefas que considerem significativas e ocupar um espaço que atenda às suas necessidades exclusivas. Os dias em que o horário comercial era adequado para todos ficaram no passado. Em Todas as suas formas de trabalhar, os membros da WeWork compartilham como estão reimaginando a vida profissional e encontrando sucesso neste novo mundo de trabalho.

Michelle Li deu início à Clever Carbon como um projeto paralelo em abril de 2020, enquanto trabalhava no setor de tecnologia em Londres. Ela admirava uma forma de retribuição para a comunidade que as empresas implementavam: era permitido que os funcionários utilizassem tempo de serviço para a realização de trabalhos voluntários. Isso despertou nela o desejo de encontrar maneiras de retribuir ainda mais por conta própria. 

Há muito tempo ela notou que tanto os indivíduos quanto as grandes corporações têm dificuldades em qualificar o impacto de suas decisões relacionadas ao meio ambiente. Essa foi a semente da Clever Carbon, uma empresa para repensar como quantificamos e contamos a história do consumo de carbono. Ela começou a se perguntar: se ela criasse um questionário simples e divertido sobre o carbono, será que isso ajudaria uma pessoa a pensar mais claramente sobre o impacto do próprio uso de carbono?

Ela descobriu que isso ajudaria sim. O questionário sobre pegada de carbono baseado na web foi lançado em julho de 2020 e se tornou um grande sucesso depois que ela começou a enviá-lo para amigos e colegas. Esse quiz levou a uma playlist, que levou a um site, que levou a um TEDx Talk e a uma iniciativa muito maior que procura reposicionar o pensamento sobre carbono e mudanças climáticas. Em pouco tempo, a Clever Carbon deixou de ser o projeto paralelo para se tornar o trabalho principal de Michelle, que deixou de ser funcionária. No final de 2020, ela havia se tornado uma fundadora.

Em três anos, quero que a Clever Carbon seja líder em ajudar empresas e marcas a melhorarem suas práticas de sustentabilidade.

Michelle Li, fundadora da Clever Carbon

Hoje, Michelle trabalha em tempo integral com a Clever Carbon para desenvolver abordagens inovadoras para ensinar as pessoas sobre sua pegada de carbono de uma forma moderna, atraente e acessível. Seu trabalho é transformar um assunto muitas vezes visto como árduo, chato e até mesmo deprimente em algo envolvente e otimista. Um dos objetivos de Michelle é tornar os dados da Clever Carbon facilmente compreensíveis para todos.

O site da Clever Carbon ajuda os usuários a compreenderem suas próprias emissões de carbono.

"No final das contas, o que é medido é mudado", diz Michelle. "Hoje, não temos uma maneira fácil de entender e medir nosso impacto. Repetimos que um copinho de café descartável é "ruim" ou que pegar um avião é "ruim". Ainda assim, pegar um avião exerce um impacto muito maior em emissões de carbono. Mas hoje, temos apenas estas formas realmente qualitativas de descrever o impacto. Queremos acelerar a medição de carbono e a conscientização, pois o que é medido é mudado e, se tivermos etiquetas de carbono em tudo, os consumidores e as marcas poderão tomar decisões melhores."

Michelle iniciou a Clever Carbon durante a pandemia e começou a administrar a empresa trabalhando em casa. Ela logo percebeu que precisava de um espaço de escritório que não fosse em seu apartamento e associou-se à WeWork. Não foi apenas o fato de ter se mudado recentemente para Nova York e entrar na WeWork como uma ótima maneira de fazer amigos. Foi mais importante o fato do trabalho com a Clever Carbon ser ampliado pelo networking com outras empresas do setor de carbono e mudanças climáticas.

Ela decidiu associar-se ao WeWork All Access para escolher onde trabalhar, uma vez que viaja com frequência para outras cidades. Por exemplo, ela visitou o WeWork 600 Congress em Austin quando se apresentou em um painel no SXSW. Mais recentemente, Michelle trabalhou no WeWork Southeast Financial Center, em Miami, onde pôde apreciar a culinária local enquanto estava no escritório.

"A WeWork trouxe empanadas frescas e cafés cubanos de um local que eu provavelmente não teria encontrado por conta própria", diz Michelle. Ela também pôde conferir o WeWork Brickell City Centre enquanto estava na Flórida, e ficou hipnotizada pela belíssima vista para o mar.

Embora tenha escolhido vários escritórios em Nova York, Michelle encontrou um favorito no WeWork Dock 72 no Brooklyn Navy Yard, que inclui um agradável trajeto perto da orla. O escritório recebe muita luz natural, e a maioria das mesas conta com vista panorâmica. 

Michelle fotografada na WeWork Dock 72 no Brooklyn Navy Yard em Nova York.

Mas Michelle planeja cair na estrada outra vez em breve. Um dos principais benefícios de ter o WeWork All Access é que ela pode viajar para várias WeWorks, onde outras startups de carbono e clima estão trabalhando.

"Quero descobrir o que outras pessoas estão fazendo neste setor e ser inspirada por seu trabalho", diz Michelle. Em três anos, quero que a Clever Carbon seja líder em ajudar empresas e marcas a melhorarem suas práticas de sustentabilidade. Quero que ela seja uma marca reconhecida e que tanto consumidores quanto empresas busquem orientação com ela para comprar e fabricar de forma mais sustentável".

Jo Piazza é uma jornalista premiada, autora de best-sellers, estrategista digital e apresentadora de podcast.

Repensando seu espaço de trabalho?

Este artigo foi útil?
Categoria
Membro em destaque
Etiquetas
ALL ACCESS
ESPAçO FLEXíVEL
NEW WORLD OF WORK