WeWork é a base de uma startup de mídia da Costa Leste à Oeste dos EUA

Independentemente de onde estejam no país, os funcionários da Meet Cute têm um espaço de trabalho silencioso para produzir podcasts

Membros da equipe da Meet Cute (da esquerda): Lucie Ledbetter, Naomi Shah, Steph Sanderson, Amanda Zaput e Web Barr na WeWork 222 Broadway em Nova York. Fotografias de Stefanie Delgado/WeWork

Naomi Shah, de 26 anos, estava trabalhando em uma gestora de investimentos na cidade de Nova York quando teve a ideia de criar a própria startup. Como seria criar a maior biblioteca de comédias românticas em forma de podcast? Em 2020, Naomi lançou a Meet Cute, uma empresa de mídia fundada por investidores que produz comédias românticas de 15 minutos para os ouvintes acompanharem em qualquer lugar. 

Até o momento, a empresa angariou US$ 9,25 milhões, publicou mais de 350 comédias românticas e acumulou mais de 2 milhões de reproduções em 150 países. A empresa conta agora com dez funcionários distribuídos pelos Estados Unidos e trabalha regularmente com escritores, diretores e produtores no escritório da Meet Cute no WeWork 222 Broadway em Nova York e em vários locais dos EUA graças ao WeWork All Access

Precisando de espaço para crescer 

Claro que nada disso aconteceu da noite para o dia. A Meet Cute começou em uma incubadora da empresa em que Naomi trabalhava, a Union Square Ventures, com duas outras pessoas que Naomi conheceu por meio do Twitter e da rede de investidores: Web Barr, atual diretor de conteúdo da Meet Cute, e Robert Wilder, atual diretor de desenvolvimento. Quando começaram a desenvolver a ideia da Meet Cute, Naomi percebeu que a equipe se beneficiaria de um espaço de trabalho designado para as atividades da empresa

Adorei a energia constante e divertida no ambiente. Todos estavam criando algo, e encontramos muitas pessoas trabalhadoras e motivadas.

Naomi Shah, CEO e fundadora da Meet Cute

“Precisávamos de mais espaço fisicamente e mentalmente”, diz ela. “Tínhamos muitas ideias e queríamos um espaço para debatê-las em conjunto”. No final de 2019, Naomi pesquisou espaços de trabalho em Nova York, mas como uma equipe de três pessoas, eles não eram grandes o suficiente para alugar um escritório e lidar com a logística de administração de um espaço, conta Naomi. A WeWork foi a solução ideal. 

O primeiro local da WeWork que Naomi, Web e Robert visitaram foi em West Village. “Adorei a energia constante e divertida no ambiente”, diz Naomi. “Todos estavam criando algo, e encontramos muitas pessoas trabalhadoras e motivadas.” 

A CEO e fundadora Naomi agora trabalha na Costa Oeste, mas viaja frequentemente para Nova York para se reunir com a equipe da Costa Leste.

A equipe decidiu contratar o WeWork All Access, que permite trabalhar em centenas de locais da WeWork ao redor do mundo. Eles começaram a alternar entre os edifícios da WeWork em Nova York conforme o bairro em que queriam estar em um determinado dia. “Nós dizíamos: que tal trabalhar no Chelsea hoje e sairmos para almoçar? Ou: quer trabalhar no Tribeca hoje e tomar um café com alguém antes do trabalho?”

Contar com um local designado para trabalhar ajudou muito no crescimento da empresa, diz Naomi. “Ela nos proporcionou uma flexibilidade enorme desde o início, em um local de trabalho com coesão e profissionalismo. Acredito que ajuda muito startups iniciantes terem esse tipo de estrutura à disposição”, diz ela.   

Criação da equipe durante uma pandemia 

A Meet Cute foi lançada oficialmente no Dia de São Valentim de 2020, um mês antes das quarentenas decorrentes da COVID-19 em todo o país e ao redor do mundo. De repente, o alívio que uma comédia romântica pode proporcionar tornou-se ainda mais necessário do que nunca. A empresa passou por um período de adaptação, com todos trabalhando em casa, mas posteriormente adotou o modelo híbrido que segue atualmente. 

Durante a pandemia, a equipe se expandiu rapidamente para sete funcionários em tempo integral e dois funcionários em meio período. Quando a cidade se abriu novamente, Naomi queria estabelecer um escritório no qual a equipe pudesse ter a opção de trabalhar. Em julho de 2021, a Meet Cute abriu um escritório exclusivo para seis pessoas no WeWork 222 Broadway em Nova York para os membros da equipe. Os demais membros da equipe da Meet Cute estão distribuídos por todo o país e utilizam cartões do WeWork All Access. Dessa forma, “mesmo que você não tenha um espaço exclusivo, tem acesso a um espaço de trabalho tranquilo que permite separar um pouco o trabalho da vida pessoal”, diz ela. 

Colocando a conversa em dia em um dos muitos lounges no WeWork 222 Broadway em Nova York.

Conforme a empresa se expandiu, o WeWork All Access atendeu a mais de uma necessidade da equipe. Quando Naomi viajou para Los Angeles para se encontrar com produtores em Hollywood, a WeWork serviu como base para trabalho e reuniões. Em julho, Naomi embarcou em um voo para Los Angeles às 6 da manhã para algumas reuniões presenciais e pôde realizar o restante das reuniões por Zoom na WeWork. Ela precisava conciliar um dia inteiro de reuniões presenciais e no Zoom, e foi muito útil ter uma mesa e uma cabine telefônica à prova de som para chamadas virtuais, segundo ela. 

Coworking atraente

Agora, Naomi trabalha na Costa Oeste, em edifícios da WeWork em São Francisco e Portland, Oregon. Um de seus edifícios favoritos é o WeWork 44 Montgomery, em São Francisco, com vários andares e uma variedade de espaços propícios para a realização de diferentes tipos de trabalho. 

“Você pode ter a energia de um piso mais movimentado ou uma experiência completamente silenciosa se quiser”, diz Naomi. “Isso tem sido muito bom, de acordo com o dia que estou tendo, cheio de reuniões ou com muito trabalho focado. Gosto de administrar meu espaço partindo desse princípio.”

Com mais de 350 episódios de comédia romântica e muitos outros a caminho, a Meet Cute produziu histórias sobre quase todos os temas românticos imagináveis. Durante uma sessão de brainstorming, foi apresentada à empresa uma comédia romântica ambientada em um espaço de coworking. Parecia o cenário perfeito para uma comédia romântica moderna, segundo Naomi. A série em seis partes, chamada Zoom Zoom, conta a história de duas mulheres focadas na carreira ocupadas demais para o amor, até que o amor as encontra. 


Foto Polaroid da equipe em Nova York.

A série, que está sendo lançada em partes, também aborda o amor durante uma pandemia, quando os modelos de trabalho se transformam e cada vez mais empresas adotam formas híbridas ou inovadoras de trabalhar em conjunto. É claro que a criação da empresa em um espaço de coworking ajudou a inspirar a trama.

A Meet Cute está adaptada a um modelo híbrido de trabalho, e os membros da equipe passam dois dias por semana na WeWork. “É bom ter alguns dias em casa e outros no escritório, trabalhando ao lado de outras pessoas, e eu gosto muito do espaço da comunidade”, diz ela. Mas essa proximidade também a ajudou a administrar a empresa com mais eficiência, criando um senso de comunidade. “Por exemplo, os [gerentes de comunidade] dizem: hoje é o Dia Nacional do Waffle ou estamos fazendo uma colaboração com a Milk Bar, uma de minhas padarias favoritas em Nova York”, diz ela.  

“É muito bom ter isso porque, como CEO, não penso nesses aspectos com muita frequência”, diz Naomi. “Estou apenas tentando construir uma empresa.”

Leeron Hoory é escritora e mora na cidade de Nova York. Ela escreve sobre o mercado imobiliário, política e tecnologia e publicou trabalhos no Quartz, The Village Voice, Gothamist, Slate e Salon, entre outros.

Repensando seu espaço de trabalho?

Este artigo foi útil?
Categoria
Membro em destaque
Etiquetas
COMUNIDADE
EMPREENDEDORES
ESPAçO HíBRIDO