O mais novo em design de escritório: espaços facilmente reconfiguráveis

Os espaços de trabalho devem ser adaptados com soluções de design inovadoras, leves e econômicas


Clique aqui para experimentar um escritório privativo da WeWork por um mês grátis. Aplicam-se os termos.

Este artigo foi publicado originalmente na Architects’ Journal.

Não há dúvidas de que a pandemia da COVID-19 agilizou uma grande mudança na forma como o mundo trabalha. Embora os últimos meses tenham mostrado que é possível trabalhar de casa, e que esse tipo de trabalho tem algumas vantagens, ele também demonstrou como o escritório é um recurso fundamental para a conexão e a interação humana.

Com o trabalho em casa sufocando inovações, as expectativas dos funcionários sobre o escritório estão mudando. O local de trabalho tornou-se um hub para colaboração e produtividade — e o design do espaço de trabalho precisa evoluir para acompanhar essa mudança.

Antes da pandemia, o índice de ocupação das salas comerciais era cerca de 60% — os funcionários interagiam pessoalmente com os clientes, viajavam a negócios ou trabalhavam em casa um ou dois dias por semana. A pandemia apresentou aos líderes empresariais uma oportunidade única de repensar o espaço de escritório não apenas como um custo para abrigar os trabalhadores, mas como um meio de ajudar a promover funções comerciais específicas.

Ela proporcionou um ambiente para uma mais ampla aceitação para explorar novidades e descobrir o que realmente funciona melhor para seus negócios. Quando as empresas voltarem ao trabalho, poderão aproveitar melhor seus escritórios usando espaços flexíveis adaptados a necessidades específicas.

Espaços de trabalho que priorizam a saúde e a segurança tornaram-se fundamentais para todas as empresas. Sistemas de climatização otimizados, limpeza mais detalhada e modificações para promover o distanciamento social tornaram-se necessidades em todos os setores.

O escritório precisa ser otimizado para promover as atividades profissionais e a interação social que não acontecem em casa.

Além disso, a força de trabalho exigirá mais flexibilidade, principalmente em relação ao local, momento e modo como trabalham. Então, o que isso significará para o escritório? Para empresas e funcionários, o escritório precisa ser otimizado para promover as atividades profissionais e a interação social que não acontecem em casa.

O resultado será diferente para cada negócio, e por isso os espaços de trabalho que forem facilmente adaptados com soluções de design inovadoras, leves e econômicas oferecem uma clara vantagem.

Após ouvirmos o feedback de nossos membros, que incluem algumas das maiores empresas do mundo, entendemos que espaços compatíveis com diversos estilos de trabalho serão cruciais. Alguns priorizarão o espaço de trabalho que cultiva a colaboração e o brainstorming, o que requer espaço de apresentação, cadeiras macias e áreas de repouso projetadas para estimular conversas e ideias.

Outros precisarão de mais espaço para trabalhos individuais focados, para os funcionários que precisam se concentrar, livres de distrações.

Espaços de trabalho bem projetados precisam encontrar esse equilíbrio entre foco e colaboração, e as empresas com espaços facilmente reconfiguráveis, que podem ser adaptados às necessidades em constante evolução, estarão em posição de vantagem. Dividindo a metragem quadrada em percentuais atribuídos a atividades específicas, podemos projetar layouts de acordo com a forma como os funcionários realmente usarão o espaço e criar hubs de colaboração verdadeiramente adaptados ao futuro do trabalho em espaços de escritório existentes.

Uma pesquisa recente do provedor de serviços de TI Atlas Cloud demonstrou que menos da metade dos funcionários que trabalham em escritórios têm acesso a um espaço de trabalho exclusivo em casa, demonstrando a importância de que o escritório seja um lugar adaptado para que o dia de trabalho renda ao máximo. A experiência de um funcionário em seu espaço de trabalho vai além do tempo usado trabalhando. Ele deve sentir-se inspirado no momento em que atravessam a porta. Com atenção aos pequenos detalhes — texturas, iluminação, obras de arte, acessibilidade — um movimento simples, como tomar um café ou sentar-se à mesa, torna-se uma experiência completamente diferente.

Os trabalhadores devem contar com condições intuitivas, consistentes e familiares que permitam se concentrar em vez de se preocupar com o básico. As salas de reuniões também precisam servir a um propósito específico. Salas de reunião equipadas com a mais recente tecnologia audiovisual e conectividade permitem um trabalho eficaz em um mundo cada vez mais remoto, enquanto salas colaborativas menores promovem uma sensação de sociabilização maior, com assentos informais e mesas de reunião interativas.

A evolução no design do espaço de trabalho já começou. Essa é a hora de o setor considerar a necessidade das empresas para inspirar seus funcionários no retorno para o local de trabalho . Enquanto reavaliamos as necessidades reais dos funcionários, os dias de um escritório tradicional com um "mar de mesas" ficaram no passado. Enquanto os funcionários experimentam novos níveis de flexibilidade em um processo que foi acelerado pela pandemia, adotar uma abordagem centrada no usuário do espaço de trabalho é fundamental para mantê-los motivados, envolvidos e produtivos.

Jose Merino é o chefe de desenvolvimento, internacional, na WeWork, que supervisiona o desenvolvimento, construção e entrega de projetos de seus espaços de trabalho em toda a EMEA e no Pacífico. Ele ingressou na WeWork em junho de 2019, inicialmente liderando funções de design e gerenciamento de projetos para a LATAM. Merino é engenheiro industrial de comércio, com 25 anos de experiência em imóveis, desenvolvimento, cadeia de suprimentos, logística, gerenciamento de ativos e gerenciamento de instalações, e ocupou cargos sênior no McDonald’s, IRSA e Citibank ao longo de sua carreira.

Interessado em um espaço de trabalho? Entre em contato.
Este artigo foi útil?