Como três empresas usam hubs de colaboração

Um novo espaço de trabalho flexível oferece aos funcionários mais oportunidades de socializar, desenvolver ideias e trabalhar juntos


Clique aqui para experimentar um escritório privativo da WeWork por um mês grátis. Aplicam-se os termos.

Os ambientes de trabalho mudaram drasticamente quando empresas em todo o mundo permitiram que seus funcionários trabalhassem de casa devido à pandemia de COVID-19. Embora alguns trabalhadores remotos tenham apresentado níveis mais elevados de produtividade, eles também estão mais propensos ao burnout e encontraram mais dificuldade para se relacionar com os colegas de trabalho

As empresas também têm dúvidas se um modelo totalmente remoto pode sufocar a inovação e inibir a cultura da empresa. É por isso que muitas empresas estão se voltando para uma abordagem híbrida, na qual os funcionários trabalham em casa em tarefas individuais e no escritório para reuniões, sessões colaborativas e projetos em grupo. 

A Ford Motor Company, uma das primeiras grandes empresas a formalizar um modelo híbrido, está renovando seu campus em Dearborn, Michigan, e o hub de inovação da Ford no centro de Detroit está programado para ser inaugurado em 2023. Os espaços de trabalho futuros da Ford serão flexíveis, adaptáveis e versáteis e terão características como paredes móveis e móveis configuráveis. Mas você não precisa ter o mesmo porte e recursos de uma grande empresa para criar um espaço de trabalho semelhante, dinâmico e com capacidade de proporcionar vários tipos de uso.

Em resposta às rápidas mudanças nas tendências de local de trabalho e ao número crescente de solicitações de membros, a WeWork criou o hub de colaboração, um design de local de trabalho flexível e personalizável que prioriza a flexibilidade, melhora o trabalho em equipe e promove criatividade. O hub de colaboração é apropriado para grandes e pequenas organizações em praticamente qualquer setor, e pode ser personalizado para se adequar à maneira como uma empresa trabalha. 

A PayPay, empresa japonesa de serviços de pagamento eletrônico, renovou seus escritórios com a ajuda da WeWork, tornando-se um hub de colaboração com áreas separadas, incluindo espaços para atividades de Colaboração, de Comunidade e Socialização e de Aprendizado. Veja como outras três empresas internacionais estão entrando no futuro do local de trabalho com hubs de colaboração na WeWork.

Uma empresa de bens de consumo adota o estilo urbano em Londres

O desafio: enquanto as empresas estavam planejando um retorno cuidadoso ao escritório no final de 2020, uma grande empresa de bens de consumo com sede em Londres queria otimizar a segurança dos funcionários, reduzir a densidade da sede e o tempo de deslocamento entre a casa e o trabalho. Porém, ela queria uma solução que ajudasse a atrair e reter o tipo de talento que impulsiona a inovação. 

A solução: a WeWork utilizou seu grande portfólio em Londres para fornecer à empresa um espaço exclusivo em uma localidade central, próxima ao Aeroporto de Heathrow. Projetado como um hub de colaboração, o espaço possui um layout flexível e, como todos os espaços da WeWork em todo o mundo, foi projetado para otimizar a produtividade e a criatividade. Um contrato flexível mantém abertas todas as opções futuras para a empresa.

WeWork 10 York Rd em Londres.

O resultado: os funcionários que trabalham na cidade agora podem complementar seu horário de trabalho em casa visitando um escritório que fica mais próximo de onde moram. O hub de colaboração tem espaços silenciosos separados para trabalho individual, áreas sociais para interações espontâneas e espaços configuráveis flexíveis os fins para reuniões, sessões de brainstorming e trabalhos em projetos. As amenidades da WeWork promovem o bem-estar, a comunidade e os tipos de benefícios que atraem talentos criativos.

Um banco de investimentos complementa sua estratégia de trabalho em casa 

O desafio: a política de trabalho em casa de um banco de investimentos internacional estava funcionando bem para a empresa e seus funcionários. Mas a empresa queria um espaço de trabalho intencionalmente projetado para priorizar a segurança, onde as equipes pudessem ter interações presenciais que promovessem inovação, produtividade e relacionamentos.

A solução: a WeWork criou um hub de colaboração personalizado para o banco em um pacote de escritório exclusivo e personalizado. Com termos flexíveis, a empresa poderá aumentar ou diminuir o espaço, conforme necessário, nos próximos meses, quando o banco decidir se o trabalho flexível será ou não uma opção permanente.

WeWork Gotham Center em Long Island City, NY.

O resultado: os funcionários que passam um dia no escritório agora dispõem de um espaço de trabalho dinâmico projetado para várias necessidades e usos. O espaço apresenta uma variedade de áreas com base em atividades, onde ocorrem interações sociais e colaboração, e áreas baseadas em foco, onde os indivíduos podem trabalhar em ambientes mais silenciosos com o mínimo de distração. Este modelo de trabalho híbrido oferece à empresa e sua força de trabalho o melhor de ambos os mundos: a possibilidade de trabalhar em casa quando for o caso e a oportunidade de trabalhar em conjunto com colegas em um espaço exclusivo, baseado em fins específicos e com redução da densidade.

Uma empresa de marketing internacional explora um novo modelo operacional 

O desafio: uma agência de marketing internacional estava prestes a renovar a locação de longo prazo de sua sede de quase 8 mil metros quadrados e de vários andares. Porém, com grande parte das centenas de funcionários da empresa ainda trabalhando em casa, a empresa queria procurar alternativas ao modelo tradicional de local de trabalho. Uma ideia de escritório em estilo campus foi tomando corpo, que serviria como ponto de apoio para os funcionários que trabalham em casa e, ao mesmo tempo, proporcionaria aos funcionários que trabalham no escritório um espaço de trabalho flexível

A solução: a WeWork ajudou a empresa a reduzir sua grande sede para um espaço de trabalho menor em um andar inteiro, com quase 3 mil metros quadrados, totalmente personalizado para atender às necessidades exclusivas da empresa e de seus funcionários. Termos flexíveis incluem a opção de prorrogar o contrato por um ano, permitindo à empresa experimentar o novo modelo sem compromisso de longo prazo nem um grande investimento de capital.

O resultado: O novo hub de colaboração foi projetado para promover conectividade e produtividade. Ele inclui muitas áreas de trabalho flexíveis com base em atividades para reuniões formais ou informais, socialização, sessões de brainstorminge colaboração. Funcionários remotos agora podem aproveitar um modelo de trabalho híbrido, que permite que eles continuem trabalhando em casa mas usem o hub de colaboração para se reunir com equipes e colegas pessoalmente. Todos os colaboradores têm acesso aos espaços comuns do edifício, incluindo saguões, cozinhas, cabines telefônicas privativas, salas de reunião, áreas de lazer e espaços para eventos.

Imagem da WeWork.

Os hubs de colaboração são uma das muitas soluções flexíveis de espaço de escritório que as empresas estão usando para ajudar os trabalhadores remotos a permanecerem imersos na cultura da empresa e se conectarem facilmente com os colegas. Eles oferecem às empresas oportunidades de inovar, colaborar e reinventar a maneira como trabalham. A WeWork tem o espaço e a experiência para que isso aconteça. 

Kristen Baileyé escritora e editora veterana e vive na bela Lincoln, no estado americano de Nebraska. Ela tem um grande talento para ajudar marcas grandes e pequenas a criar histórias que contam o porquê.

Interessado em um espaço de trabalho? Entre em contato.
Este artigo foi útil?
thumbs-up thumbs-down