Acelerar na inovação marítima

Junta-te ao nosso programa Acelerador de Inovação da Maritime Blue de classe mundial. Estamos empenhados em ajudar as empresas marítimas a inovar e a crescer através do respetivo estabelecimento de ligações com o capital e as partes interessadas importantes. Candidata-te antes de 18 de novembro para te juntares à WeWork 1411 4th Ave, em Seattle!
Candidatura para o Acelerador de Inovação Marítima

O programa do acelerador

O Acelerador de Inovação da Maritime Blue é o primeiro acelerador do setor marítimo do estado de Washington, e encontra-se entre o pequeno número de aceleradores que existem nos EUA, tendo sido estabelecido pela Washington Maritime Blue, o Porto de Seattle e o WeWork Labs. As startups selecionadas serão instaladas e apoiadas pelo WeWork Labs em Seattle para transformar a região de Puget Sound numa plataforma líder para os sustentáveis setores marítimo e do oceano.

Seleção

Serão selecionadas 10 startups promissoras para o primeiro grupo, que irão começar formalmente em janeiro de 2020. O WeWork Labs está a aceitar candidaturas de todas as startups e novos empreendimentos apaixonados pela descoberta de soluções inovadoras para beneficiar as economias marítima e do oceano. Os candidatos serão analisados e selecionados pelo Comité consultivo de inovação da Washington Maritime Blue.

O programa

As startups irão beneficiar da programação intensiva disponibilizada pelo WeWork Labs durante um período de 4 meses. Além de estarem instaladas na WeWork 1411 4th Ave, as startups terão acesso à rede global de mentores e conselheiros do WeWork Labs em conjunto com os líderes no setor marítimo e do oceano de Washington. Esta será uma grande oportunidade para as empresas locais crescerem e garantirem financiamento num setor em que o capital é muitas vezes escasso.

Dia de demonstração

O acelerador irá terminar em abril de 2020 com um dia de demonstração formal em que as startups irão apresentar as suas ideas a uma audiência especializada de investidores, mentores, parceiros empresariais e funcionários governamentais.
  • Saber mais sobre o programa

    O comissário do Porto de Seattle, o responsável pelo setor marítimo do governador e o responsável pelo WeWork Labs no noroeste e na região da Califórnia debatem a importância do programa.
    Veja o vídeo
  • Porquê a inovação marítima?

    A inovação no setor marítimo de Washington é essencial para uma economia próspera e para a luta pela proteção do nosso planeta, dos recursos naturais preciosos e da vida oceânica. Encontrar uma forma de obter desenvolvimento económico ao mesmo tempo que se devolve cada vez mais vitalidade e vida aos nossos oceanos e cursos de água constitui uma tarefa difícil, mas é uma tarefa que Washington tem de assumir se o setor pretender prosperar para a próxima geração de trabalhadores marítimos.
    Obter mais informações sobre o Porto de Seattle
  • Porquê a inovação marítima?

    As empresas marítimas estão entre o valor económico mais antigo e de âmbito estadual do estado de Washington com mais de 30 mil milhões de dólares e 146.000 postos de trabalho, encontrando-se ainda o setor marítimo entre os mais significativos do ponto de vista económico e de criação de empregos do estado.
    Candidatura com impacto
  • Porquê a inovação marítima?

    Dias após o governador de Washington, Jay Inslee, ter celebrado o início dos trabalhos no primeiro ferry híbrido elétrico do estado, um estudo publicado pela Washington Maritime Blue identificou as soluções tecnológicas para o transporte por via aquática, o transporte marítimo, a ciência e outros sistemas oceânicos como o setor de maior desenvolvimento na "Economia azul", um termo que se refere à utilização sustentável dos recursos oceânicos para o desenvolvimento económico, melhores empregos e saúde do ecossistema oceânico.
    Obter mais informações sobre a Maritime Blue
  • Porquê a inovação marítima?

    Apesar da oportunidade de desenvolvimento, um estudo da Maritime Blue constatou múltiplos desafios em termos de acesso a capital, incluindo: o facto de poucos investidores em ações estarem atualmente focados no setor marítimo; o facto de ser particularmente difícil de encontrar financiamento na fase de validação do conceito/realização de testes para as empresas tecnológicas do setor marítimo; e o facto de existirem poucas opções de "capital sem custos", como subsídios para I&D ou concursos com prémios destinados ao setor marítimo, o que permitiria às startups validar os conceitos e atrair investimento adicional.
    Sem acesso a capital, o setor não pode crescer e inovar, sendo o desenvolvimento e a inovação fundamentais para o setor marítimo ultrapassar os desafios modernos como as alterações climáticas e uma força de trabalho envelhecida.
    Candidatura com impacto